Você perde peso mais correndo ou andando levemente?

Quase todos nós achamos o resultado dessa investigação bastante óbvio, mas vale a pena notar: sim, correr é melhor do que andar leve, se queremos perder quilos.

Deixe-os dizer ao cientista francês Philippe Fuchs, um pesquisador de realidade virtual que fez uma mega maratona de 10.185 quilômetros que cobre a distância entre Paris e Pequim. Em sua viagem, ele percorrera 85 quilômetros por dia. Você pode ler mais sobre esse feito, bem como outros exemplos de pessoas que correm muito, em Running, outra maneira de ver o mundo: 50.000 km a pé, um corredor de 100 anos e correr para ver monumentos.

É a conclusão alcançada por pesquisadores do Laboratório Nacional Lawrence Berkeley da Califórnia após um estudo realizado durante 6 anos com 15.237 pessoas que andam regularmente e 32.216 que correm várias vezes por semana.

Segundo a pesquisa, a perda de peso e a variação no Índice de massa corporal(IMC) pode se tornar um 90% maior a cada hora gasta em execução em vez de andar, principalmente em pessoas com sobrepeso e obesidade, segundo a revista especializada Medicina e Ciência em Esportes e Exercício.

No entanto, se você deseja queimar muito mais gordura do que o normal, deve praticar uma modalidade de corrida que se tornou moda há anos: correr de volta.

Essa forma de corrida, que começou a se popularizar nos Estados Unidos da Itália e da Áustria, é chamada corrida retrô. Como esse tipo de corrida aumenta a força dos músculos das costas das pernas, pouco usado nas corridas para a frente e também ajuda a queimar quase cinquenta por cento mais calorias, além de exigir maior esforço do sistema cardiovascular.