Materiais inteligentes serão testados na Estação Espacial Internacional

Em suma, a Estação Espacial Internacional (ISS) será o laboratório de testes de uma tecnologia baseada em materiais inteligentes que permite implantar objetos em órbita sem ter que recorrer ao uso de explosivos e que foi desenvolvido pela ARQUIMEA, empresa nascida no Incubadora de empresas do Parque Científico da Universidade Carlos III de Madri (UC3M).

Atualmente, ao lançar um satélite no espaço, as partes móveis geralmente são mantidas por mecanismos fixos que são quebrados por pequenas explosões pirotécnicas para liberá-las. Mas de acordo com Diego Fernández Infante, presidente da empresa: "A ARQUIMEA vem desenvolvendo uma tecnologia inovadora e revolucionária que utiliza materiais inteligentes para manter partes móveis da espaçonave no lançamento durante oito anos e liberá-las uma vez em órbita, sem recorrer ao uso de pirotecnia".