Como fazer fogo no meio da natureza?

O fogo é uma das descobertas fundamentais dos seres humanos, o que nos permitiu desenvolver como civilização. Sem fogo, não poderíamos nos proteger contra o frio. Também não poderíamos cozinhar alimentos e extrair todo o seu valor nutricional, o que permitiu alimentar nosso cérebro. Sem fogo, também não conseguimos ler. Não liberte água ou alimentos de patógenos.

Mas fazer fogo não é nada intuitivo. E mesmo para nós, que estamos acostumados a lidar com isso, é francamente difícil obtê-lo se eles nos privarem da tecnologia na forma de isqueiros ou fósforos.

Um dos truques mais comuns nos livros de sobrevivência é usar uma lupa para aproveitar a luz do sol e focalizá-la em um único ponto, que queremos pegar fogo. Porém, Este método não é tão simples quanto parece.

Imagine que estamos no meio da floresta e não temos uma lupa na mão, apenas nossos óculos. Se formos míopes, dificilmente teremos fogo. Só o conseguiremos se sofrermos de presbiopia.

E é que as lentes que corrigem a miopia, que afeta a maioria das pessoas, dispersam os raios do sol, em vez de concentrá-los. Se queremos fazer fogo, precisamos de lentes que corrijam a presbiopia. No romance (e filme) O senhor das moscas, por exemplo, esse erro é cometido, porque Porquinho Ele é míope e usa os óculos para acender uma fogueira.

Colocar um galho no tinder e girá-lo rapidamente para aquecê-lo não é um método simples, pois você intuirá quem já viu o filme. Náufrago. Imagine, então, que nos perdemos na floresta com nosso carro, ou que temos outra coisa moderna, como ele explica Lewis Dartnell em seu livro Aberto em caso de Apocalipse:

As faíscas podem ser causadas pela junção dos fios de partida conectados a uma bateria de carro abandonada, e um esfregão de metal encontrado em um armário de cozinha acenderá espontaneamente se for esfregado nos terminais de uma bateria de 9 volts removida de um detector de fumaça.

No entanto, uma vez que o fogo é obtido, e mesmo se conseguirmos mantê-lo, um grande problema surge: onde colocá-lo. O fogo pode destruir tudo o que temos e até nos queimar, além de produzir fumaça e poluição. Como ele explica Bill bryson em seu livro Em casa, antes que a luz elétrica surgisse, viver entre velas e fogueiras domésticas era uma tortura: a escuridão reinava em toda parte, porque se você abrisse a porta da geladeira, certamente teria mais luz do que a quantidade total de iluminação desfrutada pelo A maioria das casas do século XVIII. Não é de surpreender que uma boa vela forneça apenas um centésimo da luz gerada por uma única lâmpada de cem watts.

Talvez a maneira mais original de criar fogo em um mundo pós-apocalíptico seja através dos materiais da Ikea, como você pode ver no vídeo a seguir:

FLAMMA de Helmut no Vimeo.